Fit Out!

Ah… fazer desporto! Seja qual for a razão pelo qual o fazemos, fazer desporto traz-nos inúmeras vantagens, e nem sequer precisamos de abdicar do que nos dá prazer para o fazer, muito pelo contrário!

 

Ao aliarmos o desporto com a Natureza, para além de ser uma solução muito mais económica, traz-nos outras vantagens que não conseguimos obter quando praticado num ginásio convencional.
— Anita D’Ambrosio, Health Coach Holística

 

Esquece os ginásios a rebentar pelas costuras, as longas horas na passadeira a olhar para mais um programa de TV sem interesse, e os gritos da aula de fitness ao lado, e aproveita todo o ambiente e Natureza que se encontra à tua volta para começar a treinar ao ar livre. O teu corpo e mente vão agradecer!

Existem vários estudos que demonstram as vantagens de se praticar desporto ao ar livre para crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Nesta lista vou mostrar-te 10 bons motivos para também tu, começares a fazer desporto de uma forma harmoniosa com a Natureza!

1. Faz bem a ti e à tua carteira: praticar atividade física ao ar livre, junto com a Natureza, ajuda-nos a poupar dinheiro, para que o possamos gastar em outras coisas que também gostamos. Fazer desporto ao ar livre é gratuito e não implica pagar nenhuma mensalidade como seria no caso dos ginásios, piscinas ou qualquer health club. Já alguém dizia que as melhores coisas da vida são gratuitas e é verdade!

 

2. A Natureza aceita-te como és: normalmente quando estamos no ginásio sentimo-nos observados e muitas das vezes julgados, o que se torna inconfortável e desmotivador. Nada de tudo isso acontece quando estás em contacto direto com a Natureza. A Natureza não te julga e aceita-te como és, não se interessa de como fazemos os exercícios e como vamos vestidos. Investigadores afirmam que os exercícios de baixa intensidade já têm grandes efeitos positivos na nossa autoestima e autoconfiança.

 

3. Beleza em todo o lado: praticar desporto ao ar livre significa observar a beleza da Natureza em todas as suas formas e dimensões, e ser grato pelas diferentes paisagens que nos oferece. Porque havemos de correr num ginásio em cima de uma aborrecida e desmotivadora passadeira, quando podemos correr num parque com diferentes paisagens ou perto de uma praia? Há tanta beleza na nossa vida, e a Natureza é uma delas. Aproveita-a!

 

4. Mindfulness & Hearthfulness: Quando fazemos atividade física ao ar livre, estamos atentos ao ambiente que nos rodeia, quer através de mecanismos fisiológicos de alerta e proteção, quer através do aumento da nossa consciência plena ou mindfulness ao estarmos conectados com a Natureza. Ao tomarmos consciência da nossa interação com a Natureza, estamos a estimular em nós próprios uma autocura, um trabalho de crescimento pessoal devido ao forte sentido de gratidão, abundância, paz interior e amor, que é o resultado da conexão da nossa essência com a Natureza.

 

5. Porque te faz sorrir: O que é vida sem um sorriso? Diversos estudos demonstram que o desporto em ambientes naturais melhora o bom humor. O ar fresco e maior oxigénio ajudam a libertar a serotonina, o neurotransmissor que tem, entre outras funções, a de melhorar o humor. Como consequência, estaremos a aliviar o nível de stress e a previr e/ou reduzir ansiedade e depressão.

 

6. “D” é a letra que se quer: Quando praticamos atividade física ao ar livre, sempre tomando todas as precauções contra os raios ultravioleta (creme, óculos de sol, chapéu, etc.), o contacto do sol com a nossa pele, faz produzirmos Vitamina D, importante para a saúde dos nossos ossos e para a função metabólica. A exposição à luz ajuda-nos a dormir melhor, melhora a função imune e aumenta a produção de endorfina, a hormona da felicidade.

 

7. Naturalmente mais fortes: Andar de bicicleta ou nadar contra a corrente, assim como correr pelas estradas inclinadas são apenas alguns exemplos de como é possível queimar mais calorias quando praticamos desporto ao ar livre. A Natureza oferece paisagens maravilhosas para desenvolver uma maior força, resistência e melhorar as funções respiratória e cardiovascular.

 

8. Naturalmente mais sociáveis: A prática do desporto na Natureza faz-nos mais sociáveis! Ao sairmos e realizarmos atividades diferentes e mais divertidas com as pessoas que nos são mais próximas, faz com que essas relações saiam fortalecidas. Ao mesmo tempo ajuda a criar novas relações, com pessoas com os mesmos interesses e que se cruzam quando vamos pelos mesmos caminhos num parque e a mesma hora, por exemplo.

 

9. O teu recreio para criares: A atividade ao ar livre desenvolve algumas habilidades como a criatividade e adaptabilidade. Em vez realizarmos exercícios monótonos com máquinas, a Natureza dá-nos imensas opções para sermos criativos, onde podemos criar circuitos de exercícios que se adaptem ao ambiente onde vamos realizá-los. Os Personal Trainers afirmam que os circuitos de exercícios bem combinados são mais eficientes e trabalham melhor o nosso corpo do que as máquinas? Porquê? As máquinas são uma forma passiva de fazer exercício, ao contrário de um programa de exercícios.

 

10. A Natureza torna-nos melhores: A atividade física ao ar livre, dependendo do nível de treino e da existência de competição, implica o desenvolvimento de habilidades como a organização, disciplina, método e resolução de problemas. Todas estas capacidades são aplicadas ao resto das áreas da nossa vida pessoal e profissional, ajudando a aumentar a nossa perceção de autorrealização.

 

Com todas estás vantagens, já não há desculpas para não fazermos desporto ao livre!

O quê, ainda estás no sofá? Pega já no teu fato de treino e vai! Como alguém dizia, tens um mundo inteiro à espera para entrar 😉

 

Sempre que não faça muito frio ou muito calor, quando as temperaturas são extremas não é aconselhável, escolhe sempre ambientes em contacto direto com a Natureza, já que ajuda ao nosso bem-estar físico, mental, emocional e espiritual.
— Anita D’Ambrosio, Health Coach Holística

Escreve um comentário